quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

SEGURANÇA ESCOLAR - CONSIDERAÇÕES


SEGURANÇA ESCOLAR – O MASSACRE EM SANDY HOOK – CONSIDERAÇÕES

APESAR DE TERMOS POUCAS INFORMAÇÕES DO QUE REALMENTE OCORREU EM SANDY HOOK A SEMANA PASSADA, TODOS TEMOS A  NOÇÃO DE QUE O SISTEMA DE SEGURANÇA FALHOU. OS DIRIGENTES E PRINCIPAIS RESPONSÁVEIS POR SEGURANÇA ESCOLAR NO BRASIL SABEM DOS RISCOS E SUAS CONSEQUÊNCIAS, SÓ QUE HÁ O DESCASO , A IMPRUDÊNCIA E A NEGLIGÊNCIA NO TRATAMENTO DO TEMA CRIME E VIOLÊNCIA NA ESCOLA.
APÓS COLUMBINE E REALENGO MUITAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO PARTICULARES REVISARAM E APERFEIÇOARAM SEUS SISTEMAS DE PROTEÇÃO E REVISARAM SEUS PLANOS DE SEGURANÇA, OUTRAS INCLUSIVE, CRIARAM CORPOS DE SEGURANÇA ORGÂNICOS HABILITADOS PELA POLÍCIA FEDERAL. A ATENÇÃO COM O CONTROLE DE ACESSO E IDENTIFICAÇÃO FOI REDOBRADA E OS TREINAMENTOS SOBRE ARTEFATOS EXPLOSIVOS INTENSIFICADOS.
COMO DIZEM OS ESPECIALISTAS INTERNACIONAIS – SEGURANÇA EM ESCOLAS DEVE SER TOP OF MIND E AGORA TEMOS QUE FICAR PREPARADOS CONTRA O EFEITO COPYCAT PARA INÍCIO DO PERÍODO LETIVO DE 2013. SEGURANÇA É MAIS QUE TREINAMENTO E PREPARAÇÃO, É UM COMPROMISSO DE TODOS...

AUTOR PROF. ULISSES NASCIMENTO, CES

PORTAL WWW.ESCOLAPROTEGIDA.COM.BR 

TEL. 0XX11 08834 9838

SÃO PAULO - CAPITAL

BRASIL

domingo, 16 de dezembro de 2012

SEGURANÇA ESCOLAR - TRAGÉDIA SANDY HOOK


A  TRAGÉDIA SANDY HOOK

Esta tragédia ocorrida nos Estados Unidos na sexta feira obriga a todos os atores do sistema educacional brasileiro público ou privado  , operadores de segurança pública e gestores de segurança a reverem conceitos referentes ao gerenciamento de riscos, planos de segurança , planos de  emergência, planos de contingência, e  gerenciamento de crises  das instituições de ensino nos grandes centros urbanos e áreas rurais.

Os projetos de sistemas eletrônicos de proteção e as abordagens de temas sobre crime e violência nas escolas – áreas de grande concentração de pessoas – devem ser construídos e/ou revisados, principalmente para a contenção de atiradores ativos e preparo de todos em situações críticas.

Esta tragédia que se repete comove toda a equipe da GNA Consultoria e Serviços Ltda. , que possui o Portal Escola Protegida e uma Divisão de Soluções Educacionais, e que busca todos os dia apresentar a novos clientes a necessidade de tratar com profissionalismo e técnica este assunto que é tabu para diretores, autoridades, pais e responsáveis e alunos no Brasil.

Nosso pensamento no momento é no luto de uma nação e de famílias que dias antes do Natal 2012 perderam seus entes mais preciosos.

Estamos de luto...

sábado, 15 de dezembro de 2012

LUTO NOS ESTADOS UNIDOS


Suspeito de massacre era tido como brilhante

Agência Estado


O suspeito de matar 26 pessoas em uma escola de ensino fundamental em Newtown, no Estado norte-americano de Connecticut, foi descrito por conhecidos como um jovem brilhante e reservado. Identificado como Adam Lanza, de 20 anos, o suposto atirador morava com a mãe, Nancy Lanza, que também foi assassinada.

A polícia local está tentado descobrir mais informações sobre Lanza, mas ainda não tem pistas do que teria motivado o crime. De acordo com um agente que participa das investigações, acredita-se que o jovem sofria de um distúrbio de personalidade. Outro policial afirmou que Adam Lanza teria frequentado a escola Sandy Hook Elementary School há vários anos. Recortes de notícias de alguns anos atrás mostram Adam entre os alunos de honra.

"Ele foi a pessoa mais inteligente que eu conheci. Ele era, provavelmente, um gênio", afirmou Joshua Milas, que estudou com Lanza. Investigadores estão realizando buscas nos computadores e nos históricos de telefone do irmão mais velho de Adam, Ryan Lanza, de 24 anos. Ele chegou a ser interrogado na noite de sexta-feira, mas afirmou que não mantinha contato com o irmão desde 2010.

Adam vivia com a mãe em uma região de alto poder aquisitivo de Newtown, cidade cerca de 60 quilômetros de Nova York, habitada por médicos e executivos de grandes companhias. Seus pais divorciaram-se em 2008. O pai, Peter Lanza, vive na cidade de Stamford e trabalha como diretor na General Eletric.

A tia do suspeito, Marsha Lanza, afirmou que ela e o marido encontraram Adam em junho e não perceberam nada incomum em seu comportamento. Catherine Urso, moradora de Newtown, disse que seu filho, em idade universitária, conhecia o suspeito e lembrou-se dele por seu estilo alternativo. "Ele era muito magro, reservado e um tinha estilo gótico", contou.

Em Washington, a Coalização para Acabar com a Violência Armada realizou uma vigília em frente à Casa Branca. Na Times Square, em Nova York, dezenas de pessoas uniram-se em memória das vítimas.

DIA DO ARQUITETO 2012